Make your own free website on Tripod.com

Nosso Corpo

Nos somos Ser e Corpo, inseparavelmente. Por consequência um crescimento sadio, harmonioso e total da pessoa deve levar em conta os dois elementos. É conveniente, portanto, considerar sempre nosso corpo, sempre que estabelecermos qualque projeto para nossa vida.

Nós, às vezes, sem nem percebermos, nos "desquitamos" de nosso corpo, ou não o suportamos, ou o detestamos. Com certeza isso se refletirá nele, levando a inúmeros problemas de saúde. Necessitamos buscar um "encontro" com nosso corpo, tratando-o como um bom companheiro.

Nosso corpo e nossa sensibilidade estão muito interligados. Quando vivemos emoções muito fortes, sejam positivas ou negativas, nosso corpo tende a reagir, e muitas vezes de forma desproporcionada, pensamos nós. É que nosso corpo é marcado por essas emoções, que levam a reações psico-somáticas importantes; sendo as mais comuns a opressão no peito, a taquicardia, dores as mais diversas, tremores, suores frios,aflição nas pernas, vômitos, etc.

Às vezes tudo isso nos parece sem causa aparente, mas se prestarmos mais atenção, poderemos identificar a correlação com nosso modo de enfrentar os problemas cotidianos.

Cada um tem suas próprias reações. É importante observá-las, pois quando têm um caráter repetitivo, significa que nosso corpo está buscando nos alertar para algo muito importante.

Escutemos a mensagem de nosso corpo. Ele grava tudo. Os fatos dolorosos estão gravados sob a forma de tensões. Estejamos atentos a esses sinais. Aprendamos a decifrar essas mensagens.

Precisamos aprender a levar em consideração nosso corpo. A conferir-lhe-o repouso e o descanso necessário para que recomponha suas forças. Precisamos movimentá-lo adequadamente, olhá-lo como um verdadeiro amigo, cuidando de sua saúde e conferindo-lhe o direito a um a boa higiene da vida.