Make your own free website on Tripod.com

Chakras

"Os três estágios corpo / mente existem e operam em dimensões diferentes; cada uma é mantida pelo tipo de prana (energia vital) necessário e apropriado a cada dimensão. Isto não significa que eles sejam entidades separadas. Trata-se, pelo contrário, de partes de um conjunto sistemático. Cada corpo / mente tem dentro de si centros de energia para controlar o fluxo de prana e um sistema de canais de energia. Tais canais são denominados nadis, e os centros que os controlam são conhecidos como "chakras". No corpo físico, os canais são representados pelos sistemas cardiovascular, linfático e pelos meridianos da acupuntura, e os centros são representados pelo cérebro, pelo complexo nervoso e pontos de acupuntura. Os centros e canais correspondentes a todos os três corpos estão intimamente correlacionados.

Além de centro de controle em cada dimensão, o chakra funciona como centro de intercâmbio entre as dimensões física e astral, e entre as dimensões astral e causal. Através dos chakras, o prana sutil no corpo astral pode ser transformado, por exemplo, em energia para a dimensão física, fornecendo, assim, ao corpo físico, essencial energia de vida. Entre os mais espetaculares exemplos desta particular transformação encontram-se os casos de iogues que estiveram enterrados sob o solo durante inacreditáveis períodos de tempo e ainda continuaram vivos. Acredita-se que isso seja possível pela ação do chakra Vishudddhi (garganta) que, quando ativado, supostamente capacita a pessoa a subsistir na energia astral, em forma de "ambrosia". Essa energia penetra no corpo físico provinda do visarga Bindu do corpo astral, e pode ser provocada através de uma técnica de suspensão da respiração, conhecida como khechari-mudra. Então a energia astral é materializada como oxigênio, proteína, gordura, etc, necessários à manutenção da vida, capacitando a pessoa a sobreviver mesmo quando enterrada.

Acredita-se ainda que a energia física pode ser transformada em energia astral por meio da atividade dos chakras, e que a energia física pode ser convertida em energia psicológica (ojas) dentro da dimensão física.

Portanto, o chakra é considerado como o intermediário de tranferência e conversão de energia entre duas dimensões vizinhas do ser, tanto como um centro proporciona a conversão de energia entre um corpo e sua mente correspondente.

Quando os chakras são despertos e ativados, o homem não apenas se torna ciente das esferas superiores da existência, mas também adquire o poder de entrar nessas esferas, e então, em contrapartida fortalece e dá vida às dimensões inferiores.

Esta descrição foi retirada do livro "Teoria dos CHAKRAS - Ponte para a Consciência Superior" de autoria de Hiroshi Motoyama - Ed. Pensamento. Recomendo a leitura para aqueles que queiram  um maior aprofundamento do assunto.